A idade dos seus joelhos

Postado por Dr.Fábio Costa

                   Os joelhos são vulneráveis a lesões, por isso,muitas pessoas se queixem de dor no joelho.

 

Com o avanço da idade, é normal que surjam problemas nos ossos e articulações. Uma das reclamações mais recorrentes são as dores no joelho. Além da limitação para caminhar, elas dificultam o dia a dia, causando desconforto e privações na terceira idade.

Ao longo da vida, e, sobretudo após os 60 anos, quedas, sobe e desce de escadas e doenças degenerativas, podem resultar em dores. É nos idosos que muitas doenças que comprometem as articulações se manifestam. Conheça algumas delas.

Artrite reumatoide: Costuma ocorrer mais em mulheres que em homens. Em geral, a artrite reumatoide se manifesta na faixa dos 50 aos 70 anos de idade, porém, não é incomum aparecer em outras fases da vida.

Osteoartrite: É um tipo comum de inflamação. É caracterizada pela degeneração das cartilagens. A doença atinge 4% da população brasileira. Afeta principalmente os  membros inferiores, causando dores no joelho.

Ostomalacia: Causada pela baixa da vitamina D, a ostomalacia se caracteriza por enfraquecer e desmineralizar os ossos. Causa dores no joelho, na coluna e nos ossos da perna, além de fraqueza muscular.

Joelhos e as lesões

A articulação do joelho é uma das mais complexas, devido às suas funções e localização em uma região dos membros inferiores, que tem como carga natural o próprio corpo humano, considera-se á mesma, muito susceptível as lesões traumáticas.

Este membro pode sofrer lesões de diversas formas, por trauma direto como pancada ou indireto, que é o caso da entorse. A dor no joelho pode ser causada por lesões e por problemas de saúde diversos. Esse tipo de dor é geralmente consequência do uso excessivo do joelho, preparo físico ruim, ausência de aquecimento e de alongamento, recomendadas antes e depois de atividades físicas, mas outras causas podem estar relacionadas ao surgimento da dor no joelho.

Mulheres têm mais problemas no joelho do que os homens

A pesquisa realizada pelo Instituto de Ortopedia da Universidade de São Paulo (USP), aponta que a artrose, causada pelo desgaste das extremidades dos ossos, atinge cerca de 18% das mulheres, contra 10% dos homens com mais de 60 anos, por exemplo.

As mulheres têm o joelho mais propenso a lesões, pois, possuem ossos mais fracos e finos e, geralmente, também, tem menos massa muscular.

Elas também são mais flexíveis e têm o quadril maior que o dos homens. Segundo especialistas, os ligamentos da mulher, em geral, são mais frouxos, menores que os do homem e possuem menos colágeno.

É possível, no entanto, buscar métodos preventivos. Há exercícios específicos para o pé,  bem como alongamentos. Fortalecer a musculatura do joelho é a melhor saída para evitar o desgaste futuro.

Desgaste das Articulações e a corrida

Um estudo realizado na Baylor College of Medicine do Texas, apresentado na reunião anual do American College of Rheumatology,constatou menor incidência de artrite nos corredores, independentemente da idade, sexo e tempo no esporte.

Pesquisadores concluíram que a corrida quando praticada dentro dos limites fisiológicos, a qualquer momento na vida, não parece prejudicial, e pode ser protetora em relação ao desenvolvimento de artrose do joelho.

Apesar dos dados interessantes publicados por este estudo, a correlação da artrose no esporte segue em curso em outras instituições. Atividades como a corrida de rua ainda mantêm elevadas taxas de lesões, principalmente se praticada sem avaliação médica pré-esportiva e sem orientações de um treinador especializado.

Futebol e as lesões no joelho

Um levantamento feito pelo o Instituto do Joelho HCor  apontou que  o futebol é responsável por 55% das lesões no joelho. Já as artes marciais são a segunda causa de lesões com 16% e o basquete a terceira, com 12%. Na sequência aparecem a academia, com 8%, tênis, 5% e outros esportes como surf, skate, esqui e motocross com 4%.

Segundo especialistas, o futebol, por ser um esporte de contato e muito vigor físico, os joelhos recebem cargas excessivas que, se não estiverem reforçados pela musculatura, podem sofrer lesões severas. A alta incidência é proporcional ao número de praticantes. O futebol é o esporte mais praticado no mundo.

Não por acaso, o futebol representa mais da metade de todas as lesões apontadas no levantamento. Um recente estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre prática de esporte e atividade física, feito com jovens e adultos, revelou que no Brasil somente 38,8 milhões de pessoas praticam algum tipo de esporte, sendo 15,3 milhões (39,3%), praticantes de futebol.

A caminhada, que também é fator de risco para lesões, aparece em segundo lugar com 9,5 milhões (24,6%) de adeptos.

Salto Alto e os joelhos

Sabe-se que sapatos de salto alto modificam a biomecânica da pisada e deixam o joelho com maior pressão articular, podendo agravar as lesões existentes ou gerar novas inflamações. Além disso, o salto alto deixa o pé mais instável, aumentando o risco de desalinhamento do joelho.

Para as mulheres que precisam utilizar sapatos sociais para o trabalho, é fundamental usar sapatilhas confortáveis durante os picos de dor.

Os homens podem procurar sapatos sociais com solados de maior amortecimento. É preciso estar atento ao desgaste dos calçados, pois eles podem ser um dos motivos provocadores do desalinhamento articular do joelho.

 

Tratamento de dor no joelho

O tratamento para a dor no joelho depende muito da causa subjacente. Após o diagnóstico, converse com seu médico sobre a melhor forma de tratamento.

Poderá ser necessário procurar um fisioterapeuta, que ensinará o paciente a realizar alongamentos corretos, e também um ortopedista. Em alguns casos, a cirurgia pode ser necessária para fazer eventuais correções.

Seu médico poderá prescrever anti-inflamatórios mais fortes do que os disponíveis sem receita médica. Caso não ajudem, seu médico poderá injetar um esteroide no joelho para reduzir a dor e a inflamação.

 

*Com informações dos sites:Minha Vida, Globo Esporte.com,Metopoles,Sportlife e Pessemdor.

 

Mais Notícias

Atividade Física

https://traumatologiaesportiva.com.br/atividade-fisica/

Artrose:Desgaste das Articulações

https://traumatologiaesportiva.com.br/artrose-desgaste-das-articulacoes/

Dor no Joelho

https://traumatologiaesportiva.com.br/dor-no-joelho/

Veja alguns dos nossos artigos

Artrite Reumatoide

  Doença de origem crônica e autoimune, a artrite reumatoide destrói de forma progressiva a membrana que reveste as articulações. Essa doença atinge cerca de 2 milhões de brasileiros e pode levar à incapacidade e até à morte. A Atrite Reumatoide não possui causas definidas, atinge primeiro as articulações das mãos e dos punhos, mas […]

A idade dos seus joelhos

  Com o avanço da idade, é normal que surjam problemas nos ossos e articulações. Uma das reclamações mais recorrentes são as dores no joelho. Além da limitação para caminhar, elas dificultam o dia a dia, causando desconforto e privações na terceira idade. Ao longo da vida, e, sobretudo após os 60 anos, quedas, sobe e desce […]

O que Musculação, Emagrecimento, Artrose e Condropatia tem a ver?

  Muitos podem se perguntar: o que esses quatro temas têm a ver uns com os outros? Vou explicar de forma simples. A artrose, em especial do joelho, tem como um dos principais fatores de agravo o excesso de peso. Não só pelo fato de quanto maior o peso no joelho é pior, quanto pelo […]

Como Chegar?

Facebook
Instagram