Mobilidade Articular

Postado por Dr.Fábio Costa

 

                    Mobilidade articular é a capacidade que as articulações têm de executar movimentos

A Mobilidade articular pode ser definida como a capacidade que as articulações têm de executar movimentos de pequenas e grandes amplitudes.  Em outras palavras, quando acionamos nossa musculatura, elas devem ser capazes de se mover livremente e com ampla extensão em todas as direções possíveis naturalmente.

As articulações nos mantém em movimento e nos ajudam a desfrutar de um estilo de vida ativo. Cuidar e manter a saúde articular é a chave para permanecer ativo durante toda a vida.

Quatro em cada dez pessoas sofrem com problemas nas articulações, possuindo impacto significativo na sociedade, devido ao aumento da expectativa de vida e o envelhecimento da população.

Ao longo dos anos, devido ao estilo de vida ativo e desgaste normal, podemos experimentar problemas articulares. A degeneração da cartilagem articular, faz parte do processo natural de envelhecimento. Exercícios e atividades físicas são extremamente importantes para a manutenção da saúde das articulações, e a perda da mobilidade física em pessoas mais velhas é consequentemente acelerada quando tais práticas são deixadas de lado.

Atividade física previne problemas de mobilidade

 

Uma nova pesquisa publicada no dia 1º de abril de 2019, no American Journal of Preventive Medicine, aponta que caminhar uma hora por semana, ajuda adultos mais velhos com joelhos debilitados, a evitar dor e deficiências futuras.

Segundo Dorothy Dunlop, professora de medicina preventiva da Escola de Medicina da Universidade Northwestern Feinberg , as  evidências mostram que a atividade física é benéfica para pessoas com artrite. O estudo comprova que só uma hora de caminhada breve por semana é benéfica para ajudar as pessoas a manter habilidades, que são fundamentais para serem independentes.

Atualmente há  mais de 30 milhões de americanos com osteoartrite do joelho em pelo menos uma perna — um número  que pode aumentar a medida que a população envelhece. E agências como o CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças) recomendam que os adultos com osteoartrite tentem começar a realizar pelo menos duas horas e meia de exercício moderado por semana. A equipe diz que seus resultados devem tranquilizar mais as pessoas que ficam desencorajadas com essa recomendação.

Permanecer ativo com dor nas articulações

 

Segundo pesquisa realizada pela Universidade de Ciências Aplicadas de Zurique, na Suíça, o esporte é primordial no tratamento de condições crônicas que atingem as articulações do corpo, e tem um papel tão decisivo, quanto às medicações usadas de rotina – um avanço e tanto, se pensarmos que há poucas décadas a orientação médica era permanecer em repouso absoluto. O estudo apontou que a prática de atividade física traz ganhos e afeta positivamente o quadro reumatológico em várias esferas.

O recente documento europeu – que já inspira mudanças nas condutas médicas do mundo todo – sugere que o programa de exercícios englobe diversas aptidões físicas. Nesse sentido, vale investir na parte aeróbica (caminhada, corrida, bicicleta) sem se esquecer dos treinamentos de força, como a musculação, e, daqueles que foquem no equilíbrio e no alongamento, que podem ser realizados em sessões de pilates ou RPG, por exemplo.

É importante manter as articulações em movimento, mesmo se você estiver lidando com dor por artrite ou uma lesão por uso excessivo. Esses desconfortos quase sempre ocorrem em áreas localizadas: pernas, joelhos ou partes dos braços. Fazer exercícios pode ser a chave para tratar essas dores, bem como evitar seu surgimento. Não permita que uma articulação dolorosa evite você de se exercitar, para isso, experimente as opções de tratamentos abaixo:

-Instrutor elíptico;

-Bicicleta estacionária (reclinada ou vertical);

-Tai chi;

-Natação, aeróbica aquática ou caminhada na água;

-Máquina de remo;

-Passeios curtos ao longo do dia, em vez de uma longa caminhada.

 

*Com informações dos sites:  Uol, Saúde Abril e Sou Fitness

 

Mais Notícias

Lesão Muscular

Lesão Muscular

 

O que é fratura ?

o que é Fratura?

Atividade Física

Atividade Física

Veja alguns dos nossos artigos

O que Musculação, Emagrecimento, Artrose e Condropatia tem a ver?

  Muitos podem se perguntar: o que esses quatro temas têm a ver uns com os outros? Vou explicar de forma simples. A artrose, em especial do joelho, tem como um dos principais fatores de agravo o excesso de peso. Não só pelo fato de quanto maior o peso no joelho é pior, quanto pelo […]

Brasileiros e a Falta de Atividade Física

  Um estudo realizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), divulgado em 2018, apontou que o brasileiro se exercita menos do que deveria. O levantamento feito com dados coletados nos últimos 15 anos, revelou que praticamente uma em cada duas pessoas em idade adulta (47%) no país, não pratica atividades físicas suficientemente. Entre as mulheres, a ociosidade é […]

Mobilidade Articular

  A Mobilidade articular pode ser definida como a capacidade que as articulações têm de executar movimentos de pequenas e grandes amplitudes.  Em outras palavras, quando acionamos nossa musculatura, elas devem ser capazes de se mover livremente e com ampla extensão em todas as direções possíveis naturalmente. As articulações nos mantém em movimento e nos ajudam […]

Como Chegar?

Facebook
Instagram